Motivação

aguia193

New Member
Conforme é de conhecimento de todos, estamos atravessando uma crise seria e de alto risco, pois bem, esse game é sem duvida um bom passatempo para a atual situação, porém seus administradores parece que não estão atentos na realidade, pois ao contrario de buscar a criatividade e flexibilidade para o game, insistem em colocar etapas sureais, como missões de que ruins tipo 22 coletas de 1 hora, onde estão as caixas que permitem recolocar no inventário itens da alocados na cidade, os brindes de moedas, mantimentos e medalhas são irrisórios, comparado ao que voce tem que dispor para adquirir, tipo, bonos de 300 moedas ou 300 mantimentos atual pois ate semana passada era de 240, so para ter4 ou 6 não generalizando, apenas comparando mercadorias e soldados por exemplo, ja mantimentos esta razoavelmente dentro da lógica, o empo de recuperação de dos soldados na maioria deles são muito desproporcionais, enfim, resumindo o comentário, a impressão que se tem é que querem que fique praticamente 24 horas com o game aberto, o que é sem proposito mesmo que estejamos dentro de uma quarentena de confinamento e por ultimo as dificuldades para se ter, comprar ou ganhar de alguma forma um item é muito dificultada pelas exigencias, deveriam os Srs. administradores do game procurar facilitar um pouco mais, não é liberar geral, pois ai não teria graça, mas, flexibilizar um pouco mais o modo dos participantes do game poderem evoluir e dar vazão a criatividade individual, exemplo, não se tem como adquirir expanções depois de um determinado momento do game e olhe que para chegar a esse ponto os custos são muito altos, e mesmo assim voce fica prisioneiro da administração do game, o que é injusto.
Como jogador , adimito e afirmo que é um bom jogo, porém esta muito radical e voltado esclusivamente para interesses financeiros combinado com entretenimento, porém sem levar em conta o que é primordial a cativação, a mobilidade de flexibilidade dentro do game, e os custos principalmente pelo atual momento que todos nós atravessamos.