Sugestão Novo Grande Edifício que forneça unidades militares

Quais bônus vocês acham necessários para este novo GE?

  • Sugestão 1 (defesa para ataque + unidades aleatórias)

    Votos: 0 0,0%
  • Sugestão 2 (defesa para ataque + recrutamento)

    Votos: 1 50,0%
  • Sugestão 3 (recrutamento + unidades aleatórias)

    Votos: 1 50,0%
  • Outros bônus. Comente quais.

    Votos: 0 0,0%
  • Nenhum. Não precisamos de um novo GE.

    Votos: 0 0,0%

  • Total de eleitores
    2

Commander Caesar IV

Active Member
Se não me engano, já vi duas vezes sugestões de um upgrade no Coliseu, mas nenhuma das propostas foi pra frente, talvez porque seja inviável reformular os bônus dos grandes edifícios já existentes, pois alguns já possuem o GE e já existe um parâmetro pra ele.

Diante disso, gostaria de colocar aqui a minha sugestão: a Criação de um novo Grande Edifício: A "Arena de Nimes".

Sugestão:
Uma vez que o Grande Edifício Coliseu, atualmente, se mostra um GE inviável em cidades mais desenvolvidas, por ter alternativas muito mais viáveis de conseguir os bônus oferecidos, que são poucas medalhas e felicidade, sugiro a criação de um Grande Edifício que possibilite o ganho de unidades militares, seja unidades aleatórias da era (como, por exemplo, ocorre hoje com a Vila do Governador) ou com um método novo no jogo, que seria a probabilidade X de conseguir "recrutar" uma unidade inimiga após uma vitória em combate.

Motivo:
Antes de falar de qualquer aspecto relacionado ao FoE, gostaria de apresentar brevemente a Arena de Nimes: Apesar de ser relativamente pouco conhecida, a Arena se destaca pelo alto grau de conservação – de todas as arenas, é a que está em melhores condições. Nos tempos áureos do Império Romano, também tinha boa capacidade de público: 24 mil pessoas. Construída em 27 a.C., a arena tem uma arquitetura complexa, já foi usada para o combate de gladiadores, touradas e, atualmente, é palco para eventos culturais como peças teatrais e shows de música. Pensando nisso, acho que este monumento poderia ganhar um espaço no Forge of Empires.
E agora, trazendo para o contexto do jogo e do quanto a implementação desse GE pode ser benéfica aos jogadores na definição de uma estratégia: no final de 2019, foi implementado o CBG (Campo de Batalha de Guilda) e, de lá pra cá, até houve um esforço por parte da InnoGames para que os jogadores conseguissem mais unidades militares que não fossem apenas por meio do Alcatraz (hoje o único grande edifício que fornece unidades militares). Atualmente, até conseguimos essas unidades por meio dos emissários da prefeitura (ganhos nos assentamentos), edifícios dos assentamentos (casa de banho, dojô atemporal e etc) e, mais recente, a Vila do Governador.
Contudo, para conseguir quantidade suficiente de unidades para conciliar lutas na expedição, CBG, GVG, Mapa de camapanha e, eventualmente, ataque a vizinhos, apenas os edifícios citados acima ainda não são suficientes.

Detalhes:
Levando em consideração o expressivo aumento de lutas dos jogadores graças ao CBG, alguns não avançando mais em número de lutas por esgotarem suas tropas (falo por experiência própria: meu alcatraz está em nível superior ao 80, e ainda assim é díficil ter muitas tropas, uma vez que, além de CBG, luto no GvG), elaborei 3 alternativas voltadas ao aumento no fornecimento das unidades militares e as coloquei comparadas, como disposto abaixo (coloquei somente até o nível 60, só para dar uma noção). Na enquete, estou deixando aberto à votação as 3 sugestões e a opção "Outros" como uma quarta sugestão, para que os membros do fórum também possam opinar sobre algum eventual bônus que hoje julguem necessário no jogo.
A coluna "recrutamento" representa o percentual de chances do jogador conseguir recrutar uma tropa inimiga logo após uma vitória em combate. As demais, são recompensas já conhecidas pelos jogadores, como Defesa para o Exército principal (de ataque) e unidades aleatórias da era.

sugestão GE.png
Auxílio Visual:
Abaixo, trouxe uma imagem da Arena de Nimes
Arena de Nimes.jpg

Equilíbrio:
Entendo que este novo GE seria necessário para a produção de mais tropas, uma vez que há cerca de um ano e meio foi implementado o CBG, que é um recurso que requer uma quantidade expressiva de lutas, e, consequentemente, tropas, e não houve até então nenhuma solução que suprisse a necessidade de unidades militares para competir em alto nível nesta nova modalidade.

Prevenção de abusos:
Entendo não haver nenhum benefício que seja distribuído de forma injusta aos jogadores. Pelo contrário, será um grande edifício como qualquer outro.

Considerações Finais:
A ideia aqui é trazer uma nova forma de obter unidades militares de forma que envolva também estratégia. No caso de um grande edifício, cada jogador poderá optar por colocá-lo na cidade, bem como até qual nível deseja subir.
 

Big Shot

Moderador do fórum
Membro da equipe
Se não me engano, já vi duas vezes sugestões de um upgrade no Coliseu, mas nenhuma das propostas foi pra frente, talvez porque seja inviável reformular os bônus dos grandes edifícios já existentes, pois alguns já possuem o GE e já existe um parâmetro pra ele.

Diante disso, gostaria de colocar aqui a minha sugestão: a Criação de um novo Grande Edifício: A "Arena de Nimes".

Sugestão:
Uma vez que o Grande Edifício Coliseu, atualmente, se mostra um GE inviável em cidades mais desenvolvidas, por ter alternativas muito mais viáveis de conseguir os bônus oferecidos, que são poucas medalhas e felicidade, sugiro a criação de um Grande Edifício que possibilite o ganho de unidades militares, seja unidades aleatórias da era (como, por exemplo, ocorre hoje com a Vila do Governador) ou com um método novo no jogo, que seria a probabilidade X de conseguir "recrutar" uma unidade inimiga após uma vitória em combate.

Motivo:
Antes de falar de qualquer aspecto relacionado ao FoE, gostaria de apresentar brevemente a Arena de Nimes: Apesar de ser relativamente pouco conhecida, a Arena se destaca pelo alto grau de conservação – de todas as arenas, é a que está em melhores condições. Nos tempos áureos do Império Romano, também tinha boa capacidade de público: 24 mil pessoas. Construída em 27 a.C., a arena tem uma arquitetura complexa, já foi usada para o combate de gladiadores, touradas e, atualmente, é palco para eventos culturais como peças teatrais e shows de música. Pensando nisso, acho que este monumento poderia ganhar um espaço no Forge of Empires.
E agora, trazendo para o contexto do jogo e do quanto a implementação desse GE pode ser benéfica aos jogadores na definição de uma estratégia: no final de 2019, foi implementado o CBG (Campo de Batalha de Guilda) e, de lá pra cá, até houve um esforço por parte da InnoGames para que os jogadores conseguissem mais unidades militares que não fossem apenas por meio do Alcatraz (hoje o único grande edifício que fornece unidades militares). Atualmente, até conseguimos essas unidades por meio dos emissários da prefeitura (ganhos nos assentamentos), edifícios dos assentamentos (casa de banho, dojô atemporal e etc) e, mais recente, a Vila do Governador.
Contudo, para conseguir quantidade suficiente de unidades para conciliar lutas na expedição, CBG, GVG, Mapa de camapanha e, eventualmente, ataque a vizinhos, apenas os edifícios citados acima ainda não são suficientes.

Detalhes:
Levando em consideração o expressivo aumento de lutas dos jogadores graças ao CBG, alguns não avançando mais em número de lutas por esgotarem suas tropas (falo por experiência própria: meu alcatraz está em nível superior ao 80, e ainda assim é díficil ter muitas tropas, uma vez que, além de CBG, luto no GvG), elaborei 3 alternativas voltadas ao aumento no fornecimento das unidades militares e as coloquei comparadas, como disposto abaixo (coloquei somente até o nível 60, só para dar uma noção). Na enquete, estou deixando aberto à votação as 3 sugestões e a opção "Outros" como uma quarta sugestão, para que os membros do fórum também possam opinar sobre algum eventual bônus que hoje julguem necessário no jogo.
A coluna "recrutamento" representa o percentual de chances do jogador conseguir recrutar uma tropa inimiga logo após uma vitória em combate. As demais, são recompensas já conhecidas pelos jogadores, como Defesa para o Exército principal (de ataque) e unidades aleatórias da era.

Ver anexo 5894
Auxílio Visual:
Abaixo, trouxe uma imagem da Arena de Nimes
Ver anexo 5895

Equilíbrio:
Entendo que este novo GE seria necessário para a produção de mais tropas, uma vez que há cerca de um ano e meio foi implementado o CBG, que é um recurso que requer uma quantidade expressiva de lutas, e, consequentemente, tropas, e não houve até então nenhuma solução que suprisse a necessidade de unidades militares para competir em alto nível nesta nova modalidade.

Prevenção de abusos:
Entendo não haver nenhum benefício que seja distribuído de forma injusta aos jogadores. Pelo contrário, será um grande edifício como qualquer outro.

Considerações Finais:
A ideia aqui é trazer uma nova forma de obter unidades militares de forma que envolva também estratégia. No caso de um grande edifício, cada jogador poderá optar por colocá-lo na cidade, bem como até qual nível deseja subir.
Proposta muito bem redigida. Parabéns.
vamos aguardar o resultado da enquete
 

arcee

Suporte Jogo Nível 2
Membro da equipe
Se não me engano, já vi duas vezes sugestões de um upgrade no Coliseu, mas nenhuma das propostas foi pra frente, talvez porque seja inviável reformular os bônus dos grandes edifícios já existentes, pois alguns já possuem o GE e já existe um parâmetro pra ele.

Diante disso, gostaria de colocar aqui a minha sugestão: a Criação de um novo Grande Edifício: A "Arena de Nimes".

Sugestão:
Uma vez que o Grande Edifício Coliseu, atualmente, se mostra um GE inviável em cidades mais desenvolvidas, por ter alternativas muito mais viáveis de conseguir os bônus oferecidos, que são poucas medalhas e felicidade, sugiro a criação de um Grande Edifício que possibilite o ganho de unidades militares, seja unidades aleatórias da era (como, por exemplo, ocorre hoje com a Vila do Governador) ou com um método novo no jogo, que seria a probabilidade X de conseguir "recrutar" uma unidade inimiga após uma vitória em combate.

Motivo:
Antes de falar de qualquer aspecto relacionado ao FoE, gostaria de apresentar brevemente a Arena de Nimes: Apesar de ser relativamente pouco conhecida, a Arena se destaca pelo alto grau de conservação – de todas as arenas, é a que está em melhores condições. Nos tempos áureos do Império Romano, também tinha boa capacidade de público: 24 mil pessoas. Construída em 27 a.C., a arena tem uma arquitetura complexa, já foi usada para o combate de gladiadores, touradas e, atualmente, é palco para eventos culturais como peças teatrais e shows de música. Pensando nisso, acho que este monumento poderia ganhar um espaço no Forge of Empires.
E agora, trazendo para o contexto do jogo e do quanto a implementação desse GE pode ser benéfica aos jogadores na definição de uma estratégia: no final de 2019, foi implementado o CBG (Campo de Batalha de Guilda) e, de lá pra cá, até houve um esforço por parte da InnoGames para que os jogadores conseguissem mais unidades militares que não fossem apenas por meio do Alcatraz (hoje o único grande edifício que fornece unidades militares). Atualmente, até conseguimos essas unidades por meio dos emissários da prefeitura (ganhos nos assentamentos), edifícios dos assentamentos (casa de banho, dojô atemporal e etc) e, mais recente, a Vila do Governador.
Contudo, para conseguir quantidade suficiente de unidades para conciliar lutas na expedição, CBG, GVG, Mapa de camapanha e, eventualmente, ataque a vizinhos, apenas os edifícios citados acima ainda não são suficientes.

Detalhes:
Levando em consideração o expressivo aumento de lutas dos jogadores graças ao CBG, alguns não avançando mais em número de lutas por esgotarem suas tropas (falo por experiência própria: meu alcatraz está em nível superior ao 80, e ainda assim é díficil ter muitas tropas, uma vez que, além de CBG, luto no GvG), elaborei 3 alternativas voltadas ao aumento no fornecimento das unidades militares e as coloquei comparadas, como disposto abaixo (coloquei somente até o nível 60, só para dar uma noção). Na enquete, estou deixando aberto à votação as 3 sugestões e a opção "Outros" como uma quarta sugestão, para que os membros do fórum também possam opinar sobre algum eventual bônus que hoje julguem necessário no jogo.
A coluna "recrutamento" representa o percentual de chances do jogador conseguir recrutar uma tropa inimiga logo após uma vitória em combate. As demais, são recompensas já conhecidas pelos jogadores, como Defesa para o Exército principal (de ataque) e unidades aleatórias da era.

Ver anexo 5894
Auxílio Visual:
Abaixo, trouxe uma imagem da Arena de Nimes
Ver anexo 5895

Equilíbrio:
Entendo que este novo GE seria necessário para a produção de mais tropas, uma vez que há cerca de um ano e meio foi implementado o CBG, que é um recurso que requer uma quantidade expressiva de lutas, e, consequentemente, tropas, e não houve até então nenhuma solução que suprisse a necessidade de unidades militares para competir em alto nível nesta nova modalidade.

Prevenção de abusos:
Entendo não haver nenhum benefício que seja distribuído de forma injusta aos jogadores. Pelo contrário, será um grande edifício como qualquer outro.

Considerações Finais:
A ideia aqui é trazer uma nova forma de obter unidades militares de forma que envolva também estratégia. No caso de um grande edifício, cada jogador poderá optar por colocá-lo na cidade, bem como até qual nível deseja subir.
Commander, excelente sugestão e a apresentação é impecável, como sempre, tanto no raciocínio quanto na expressão dos detalhes. Sua sugestão foi encaminhada para o setor responsável pela análise mas não podemos garantir que seja implementada. Parabéns pela sugestão, agradeço por sua participação e, particularmente, não pude me omitir de deixar meu voto. :)
 
Última edição: